Dança
27..Novembro
Companhia Olga Roriz
Autópsia
Sábado_21h30
Cine-Teatro Avenida

Tudo o que amamos está prestes a morrer.
Está sempre tudo prestes a morrer.
A aflição vem em ondas de dor e de luto.
Lá onde o corpo fica excluído da compreensão, restam os lugares abandonados. Lugares de memoria abertos a outros acontecimentos. Lugares de mutação à espera de uma transformada existência.
E depois da avalanche como tudo é tão frágil!
Tudo está aí à nossa frente mas, no entanto, há histórias que não estão escritas em lado nenhum. Coisas de nada… Singularidades frustradas.
Dissecar o mau estar de cada um de nós. Matar cada um de nós. Autopsiarmo-nos.
A repetição… a repetição… a repetição… sem fim como as ondas, como a vida e a morte ou o nascimento e a morte, o dia e a noite…
As dores...


Olga Roriz

Janeiro de 2019

Ficha Técnica e Artística

Direção Olga Roriz
Intérpretes André de Campos, Beatriz Dias, Bruno Alves, Catarina Câmara, Marta Lobato Faria e Yonel Serrano

Conceção da banda sonora João Rapozo
Seleção musical Olga Roriz, João Rapozo e Bruno Alexandre
Música de Acid Arab, Christian Feenesz, Dirty beaches, Jóhann Jóhannsson, Kangding Ray, Ernst Reijseger, Ben Frost, Sunn O))), Colin Stetson e Sarah Neufeld
Cenografia e figurinos Olga Roriz e Ana Vaz
Desenho de luz Cristina Piedade
Conceção vídeo Olga Roriz e João Rapozo
Equipa de captação de vídeo Henrique Pina e Lee Fuzeta
Pós-produção vídeo João Rapozo
Assistência à criação Bruno Alexandre
Assistência de cenografia Miguel Justino
Estagiárias assistentes aos ensaios Andreia Serrada, Catarina Camacho e Marta Jardim
Direcção técnica e operação de luz e vídeo João Chicó | Contrapeso
Montagem e operação de som Pontozurca

Companhia Olga Roriz
Direção | Olga Roriz
Produção e digressões | António Quadros Ferro
Gestão | Magda Bull
FOR Dance Theatre e Residências
| Lina Duarte

_

M/14

Entrada: €5,00

Uso de Máscara Obrigatório